HUMANITAS | Faculdade de CiÊncias MÉdicas de São José dos Campos - FCM/SJC

a faculdade

Mantenedora

Política de Capacitação

Políticas e Ações de Desenvolvimento e Capacitação do Corpo Técnico Administrativo

O corpo técnico-administrativo é constituído de acordo com as necessidades essenciais para a estruturação da Instituição, presentes nesse PDI. As questões relativas à seleção e contratação seguem critérios de qualidade e competência bem como as normas estabelecidas na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e agrupados segundo sua importância hierárquica e funcional.

Considera-se que o estabelecimento de Políticas de Desenvolvimento e Capacitação do Corpo Técnico-administrativo são essenciais para a manutenção dos processos educacionais inerentes à Instituição.
Nesse sentido, a FCM/SJC-Humanitas estabeleceu uma parceria com consultoria externa objetivando estabelecer a política supracitada por meio da implementação do projeto “Gestão por Competência” como forma de efetivar o desenvolvimento, capacitação, formação e aperfeiçoamento do corpo técnico-administrativo.

Durante a implantação do projeto foi possível identificar as forças e fragilidades inerentes ao processo e, consequentemente, aprimorar a formação e a qualidade dos colaboradores institucionais.


Para tanto, foram estabelecidos os seguintes objetivos:

1) desenvolver os colaboradores, em suas respectivas competências;
2) padronizar o instrumento de Avaliação do Desempenho dos Colaboradores;
3) promover capacitações aos Colaboradores;
4) atualizar e/ou a descrever os cargos para avaliar de desempenho por competência.

Esse desenvolvimento e capacitação utiliza a ferramenta “Levantamento da Necessidade de Treinamentos” para identificar anualmente quais os treinamentos são necessários para o ano em vigência do PDI. Outros fatores que também são levados em consideração na identificação referem-se a não conformidades internas e externas, resultados das avaliações de desempenho dos colaboradores, plano de desenvolvimento e aquisição / utilização de novas tecnologias.
O desenvolvimento e capacitação para o exercício das funções técnico-administrativas seguem normas que estimulam, apoiam e favorecem o desenvolvimento das carreiras.

 


 

Políticas e Ações de Desenvolvimento e Capacitação do Corpo Técnico Administrativo

O corpo técnico-administrativo é constituído de acordo com as necessidades essenciais para a estruturação da Instituição, presentes nesse PDI. As questões relativas à seleção e contratação seguem critérios de qualidade e competência bem como as normas estabelecidas na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e agrupados segundo sua importância hierárquica e funcional.

Considera-se que o estabelecimento de Políticas de Desenvolvimento e Capacitação do Corpo Técnico-administrativo são essenciais para a manutenção dos processos educacionais inerentes à Instituição.
Nesse sentido, a FCM/SJC-Humanitas estabeleceu uma parceria com consultoria externa objetivando estabelecer a política supracitada por meio da implementação do projeto “Gestão por Competência” como forma de efetivar o desenvolvimento, capacitação, formação e aperfeiçoamento do corpo técnico-administrativo.

Durante a implantação do projeto foi possível identificar as forças e fragilidades inerentes ao processo e, consequentemente, aprimorar a formação e a qualidade dos colaboradores institucionais.


Para tanto, foram estabelecidos os seguintes objetivos:
1) desenvolver os colaboradores, em suas respectivas competências;
2) padronizar o instrumento de Avaliação do Desempenho dos Colaboradores;
3) promover capacitações aos Colaboradores;
4) atualizar e/ou a descrever os cargos para avaliar de desempenho por competência.

Esse desenvolvimento e capacitação utiliza a ferramenta “Levantamento da Necessidade de Treinamentos” para identificar anualmente quais os treinamentos são necessários para o ano em vigência do PDI. Outros fatores que também são levados em consideração na identificação referem-se a não conformidades internas e externas, resultados das avaliações de desempenho dos colaboradores, plano de desenvolvimento e aquisição / utilização de novas tecnologias.
O desenvolvimento e capacitação para o exercício das funções técnico-administrativas seguem normas que estimulam, apoiam e favorecem o desenvolvimento das carreiras.



Avenida Brigadeiro Faria Lima, 811, Putim, São José dos Campos – São Paulo

(12) 2012-6600